quinta-feira, 29 de abril de 2010

A Day in The Life

Acordo em algum momento entre as seis e as dez, corro pra aula, saio da aula e vou programar, paro pro almoço e volto a programar, faço uma pausa as seis da tarde quando meu corpo doi, volto pra sala da rede, minha vida e isso, penso em voce, canto uma musica, sinto fome, estou sozinha, estou contigo, estou buscando alguma coisa alem, estou pensando, estou lendo.

Um comentário:

Tito Peçanha Leitão disse...

marina
sua escrita tem uma coisa muito especial que simplesmente não consigo atingir na minha:
uma sincronia perfeita entre ritmo e conteúdo.
o ritmo de leitura funciona, nem sei te explicar como nem porque.
é uma leveza,
e uma gravidade que se restringe ao grave.

invejo e admiro
admiro e invejo

abraço