sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Coisas da vida universitária...

Outro dia fui no CM e o Chalom me apresentou o trabalho dele, que era basicamente um programa que pegava uma equação referente ao movimento de um fluido, fazia a transformada de fourier, resolvia a equação e transformava de volta. Obviamente eu não entendi nada, e me voltou aquele desespero tradicional de não saber mais nada de exatas e não entender o que meus amigos falam (OBS.: provavelmente era uma matéria bem complicada e o Diogo tb n deve ter entendido muit, mas com certeza ele entendeu BEM mais do que eu)!!! Isso aumentou a minha determinação em fazer optativas de exatas, mas o Jupiter só me oferecia matérias cujo programa estava em matematiquês e eu n entendi nada (me inscrevi meio aleatoriamente numas matérias como "cálculo vetorial e aplicações", "introdução à analise real" ou "equações das derivadas parciais"), por isso achei que eu devia pedir ajuda pras pessoas que falam essa língua (hm, qtas pessoas que falam matematiquês eu conheço...?) pra eu não acabar matriculada em uma matéria infernal que eu vou abandonar no meio e que vai abaixar a minha média ponderada (que, notem, é 4.895, o que é estupidamente baixo pro Design). Aliás, o Diogo sugeriu que eu fizesse requerimento de Calculo 1 na física (adoro matérias com um "1" no final) e meu psor sugeriu que eu fizesse curso de verão de programação no IME; aliás, falando em programação, eu me inscrevi para quatro matérias de programação, incluindo "Laboratório de Programação I" (lembra do que eu disse sobre o ! no final?), "Conceitos Fundamentais de Linguagens de Programação", "Desafios de Programação" e "Programação Orientada a Objetos", mas, embora esse seja um número absurdo de matérias para se fazer, como eu acho que eu não vou pegar nem metade por causa da minha média relativa baixíssima (acho que está uns três desvios padrão abaixo da média da sala), eu queria estar inscrita em bem mais matérias. Ou mais interessante seria se eles calculassem minha posição na fila com base somente nas matérias envolvendo a área de conhecimento específica (ou pelo menos dando peso maior pra elas)! Assim, como eu tirei 9.1 em Fund. Comp. I, 9.8 em Fund. Comp. II e provavelmente vou tirar uns 9 em MAC110 (intr. comp.), eu ia estar bem no começo da lista! É, mas o mundo é injusto, fazer o q... Ou eu devia ser melhor aluna nas outras matérias...

Eu tb me inscrevi em um monte de coisas nada a ver da FFLCH, mas isso é irrelevante, já que eu vou acabar de desmatriculando delas, provavelmente.

Outra coisa é que eu queria descobrir como eu posso fazer uma aplication pra virar monitora de Fundamentos da Computação II. Acho que seria bacana, e eu provavelmente sei quase tanto da matéria quanto os psores (considerando q eles n sabem mexer direito no programa q eles usam), mas n tive coragem de perguntar pra eles (o psor Agnaldo, que sempre diz que "quem pede tem preferência", ficaria desapontado) e n sei como descobrir isso, nem tenho idéia de como funciona. Alguém aí tem?

Pois essas são as minhas atuais desventuras no mundo bizarro da USP.

7 comentários:

Bruno K disse...

1- tenho inveja das tuas notas de computação.

2- provavelmente você vai achar legal computação, mas tantas matérias assim de comp vai te encher o saco. se você pegar todas, faça no máximo 3, isso se você realmente quiser ficar cheíssima de comp.

3- análise real e todas as matérias no ime são em matemática pura (exceto nas matérias de matemática aplicada e em computação); cálculo vetorial é legal, pelo menos eu acho legal; cálculo que seja de um destes cursos em parenteses (matemática aplicada, computação, física, geologia, iag [no iag cálculo é mais fácil]) é um cálculo dado mais informalmente, de modo que você entenda o conceita, mas não tem todo aquele formalismo matemático chato. você entende perfeitamente as coisas de cálculo na física ou nesses outros locais.

Eduardo disse...

ô matuto, lembre também que alguns (vários?) professores confundem "curso com menos rigor/formalismo matemático" com "curso coxa". e também:
* cálculo no iag não é necessariamente mais fácil (pode ser o mesmo professor que a física, por exemplo; vide vargas)
* cálculo na geo é uma coisa mais lightzona, com menos matéria de cálculo e mais de vetores.
* não sei sobre o cálculo na aplicada ou no bcc.

Bruno K disse...

é, mas ouvi que no iag o vargas tinha dado um exercício muito mais fácil pra eles na ultima prova, e que para nós deu um exercício mais "chatinho".

Yuri disse...

Sua média é 4,895?????????

Bruno K disse...

acho que é mais divertido cálculo 1, e depois o 2...

Bruno K disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno K disse...

é, foi mais ou menos um sonho.

quer que eu tire o seu blog antigo?